GUIA: Montando Um Home Studio Básico - Parte 2

// Nenhum comentário:
Fala Galera Music, decidi criar um guia para orientar pessoas que desejam montar um Home Studio num período de 3 semanas, pois bem, o artigo de hoje é referente a segunda semana, ACOMPANHE!

Quando falamos em montar um Home Studio e partimos para as questões mais práticas, uma das primeiras preocupações que nos cercam tem muita relação com o tipo de material e equipamento que iremos utilizar para estruturar nosso projeto. A seguir você poderá ter maior compreensão dos itens necessários para o seu primeiro Home Studio.

É importante entender desde agora, que quando falamos de montar um Home Studio, mesmo sendo ele básico, será necessário um investimento. Tudo tem um preço, o mais importante é entender se o momento para investir é agora e se há disposição para o investimento.


Conforme relatado acima, será necessário um investimento, e a proporção vai de acordo com a demanda ou mesmo, as possibilidades de cada um. A seguir vocês encontrarão uma relação contendo os principais componentes para montar o Home Studio Básico, confira!
COMPUTADOR
Vamos começar por um dos itens mais importantes, quando o assunto é montar um Home Studio, estou falando do computador, uma poderosa ferramenta que tem possibilitado a gravação e a edição de áudio a nível profissional.

SOFTWARE DAW  
DAW é um termo para o software de gravação (Digital Áudio Workstation, que traduzindo significa: plataforma de trabalho de áudio digital), o programa a ser comprado e posteriormente instalado em seu computador para realizar a edição de áudios. Logo abaixo você encontrará uma lista com os 4 melhores editores de áudio disponíveis no mercado para desenvolver seus trabalhos no Home Studio.
  • Ableton Live
  • FL Studio
  • Reaper
  • Pro Tools

PLACA DE ÁUDIO
A placa de áudio (também conhecida por SOUDCARD) é responsável por fazer a transferência do áudio captado pelo microfone, de um instrumento ou controlador MIDI para o software em seu computador.



CONTROLADOR MIDI
Um item que para muitos acaba sendo indispensável é o teclado controlador MIDI (ou um teclado comum com saída MIDI). Um controlador MIDI não costuma ser barato, por isso recomendo apenas para os que realmente entendem e sabem trabalhar com ele.



MESA DE SOM
Muitas pessoas acabam se perguntando qual seria a utilidade de uma mesa de som para um Home Studio, pois bem vou tentar explicar de um modo simples, e isso se aplica ao controlador MIDI. A mesa de som é fundamental para a realização de mixagens. 

Por questões de custos, a mesa de som acaba sendo substituída pelos softwares de gravação que oferecem um bom suporte para o Home Studio, mas ter uma mesa, mesmo com poucos canais, pode ser uma grande vantagem para quem deseja trabalhar profissionalmente com gravação.
Uma mesa de som pode ser essencial para trabalhar algum sinal captado em um de seus canais com recursos analógicos e que podem conter funções específicas de edição, das quais um programa estará limitado.
MONITORES DE ÁUDIO
Outro item essencial para montar seu Home Studio é o monitor de áudio. Monitores de áudio geralmente são utilizados para proporcionar um feedback do trabalho desenvolvido da gravação e edição de áudios. Muitas pessoas preferem investir em fones de ouvido profissionais, acaba sendo outra alternativa, sendo até mais viável, porém, se puder investir em monitoração de áudio, tenho certeza que ficará impecável!



MICROFONE
Esse item já requer maior atenção, para se ter uma noção, você pode ter todos os itens anteriormente mencionados, de excelente e inquestionável qualidade, mas se utilizar qualquer microfone, sem se preocupar com a qualidade, poderá comprometer suas gravações.

Por isso é essencial que você conheça os tipos de microfones disponíveis e quais são seus resultados para saber qual atenderá a sua demanda, não se preocupe, pois o portal ClaudioLuizMusic já desenvolveu um artigo específico sobre o assunto, “Qual A Diferença Entre Os Microfones Dinâmico E Condensador?”.
A grande dica para comprar seu microfone é entender previamente quais sãos suas demandas e de acordo com as especificidades dos mesmo poderá facilmente compreender qual lhe atenderá melhor.

Este foi mais um artigo desenvolvido para lhe ajudar a montar seu Home Studio e na semana que vem teremos o último desta série; desejo a todos boa sorte em seus investimentos e projetos. Forte abraço!!

Conheça O Piano Digital SP170-S Da Korg

// Nenhum comentário:
Fala Galera Music! No artigo de hoje vocês verão algumas informações essenciais sobre o maravilhoso piano digital SP170-S da Korg, basta acompanha-lo até o fim!

O piano digital SP170-S da Korg possui um design simples, além de ter uma estrutura bem prática, é um instrumento portátil e ao mesmo tempo bem elegante, um piano que confortável com uma sonoridade incrível. Mas isso vocês verão no review que está logo no final do artigo, nele o especialista da Korg, Áureo Galli traz uma abordagem bem explicativa e detalhista sobre o piano digital SP170-S da Korg.


Um dos grandes destaques do desenvolvimento do SP-170s é o seu corpo compacto, que também conta com um sistema de áudio embutido robusto, garantindo a reprodução dos sons com profundidade.

Especificações
  • Teclado: 88 teclas pesadas
  • Polifonia Máxima: 120 notas / 60 notas (estéreo)
  • 10 sons: Pianos, Pianos Elétricos, Cravo, Clarinete, Vibrafone, Órgão de Igreja, Órgão Elétrico e Cordas
  • Efeitos: Reverb e Chorus - o nível de cada efeito vem “preset”
  • Demonstração: 10 músicas (1 por som)
  • Funções: Transpose (transposição de tonalidade)
  • Pitch Control (ajuste de afinação)
  • MIDI Channel (canal MIDI)
  • MIDI Program On/Off (liga/desliga programa MIDI)
  • Conectores: Dois conectores Fone de ouvido/linha MIDI OUT
  • Pedal Damper (sustain)
  • Sistema de áudio: Amplificador: 2 x 9 Watt
  • Alto-falantes: 2 alto-falantes de 10 x 5cm
  • Encapsulamento de reforço de graves (bass reflex)
  • Alimentação: 12VDC / 9W

Dimensões
  • Comprimento: 131,2 cm 
  • Largura: 32,5cm
  • Altura: 14,4cm
  • Peso: 12 kg
Assista O Review Do Piano Digital SP170-S Da Korg

Preto No Branco Lança Música Nova, “Fé Na Vida”

// Nenhum comentário:
O grupo musical Preto No Branco, oriundo de Minas Gerais, que ficou amplamente conhecido por seus cações, “Ninguém explica Deus” e “Os sonhos de Deus”, liberou, recentemente, a mais nova canção intitulada “Fé na Vida”.


A canção foi disponibilizada através das plataformas digitais de música, além do Facebook e Youtube, e também recebeu uma versão em videoclipe que foi dirigida por Alex Passos, contando com uma animação.

Outra grande novidade sobre o grupo Preto no Branco é a sua nova formação, apresentada já no videoclipe de lançamento da canção “Fé na vida”. Vale a pena conferir!

Assista o videoclipe de Preto no Branco, “Fé na Vida”

GUIA: Montando Um Home Studio Básico - Parte 1

// Nenhum comentário:
Fala Galera Music, nas próximas 3 semanas irei tratar sobre um conceito que vem tomando corpo ao longo dos anos, uma prática que vem sendo aderida por muitas pessoas que desejam trabalhar com música, desenvolver seus projetos musicais de gravações e composições, estou falando do Home Studio!

Os próximos três artigos aqui no ClaudioLuizMusic, com propostas de orientação para iniciantes terão essa abordagem: Montando Um Home Studio Básico. Espero realmente poder contribuir para aqueles que desejam investir nessa área.


Home Studio: Por Dentro Do Conceito

Quando me propus a escrever sobre o Home Studio, pude verificar que muitas pessoas acabam enroladas até mesmo no primordial sobre o assunto. Por vezes o conceito é propagado de modo equivocado e conseguintemente, nos deparamos com muitas informações pouco esclarecedoras. No intuito de começarmos da maneira certa, vamos contextualizar o que é o Home Studio.

O termo “Home Studio” é de origem inglesa. Faz referência ao estúdio de casa, que também pode ser conhecido como estúdio compacto. Esse termo é diretamente associado aos estúdios de gravação, que geralmente são enormes e com uma estrutura gigantesca. Em contraponto, a principal finalidade de um Home Studio é garantir resultados bem próximos de um estúdio profissional numa escala bem menor.

A história indica que o surgimento dos primeiros “Home Studios” ocorreu em meados da década de oitenta.  Isso foi possível graças a viabilidade para o seu desenvolvimento, com artefatos e equipamentos de custos menores em comparação aos equipamentos utilizados em estúdios musicais profissionais.

A seguir, vocês encontrarão uma relação com dicas de cursos de Home Studio, com duas sugestões, um disponibilizado em plataforma online e outro presencial, em uma instituição de ensino do Rio de Janeiro. São excelentes opções com bom custo-benefício. Vale a pena conferir!

Dicas De Cursos De Home Studio 


* Home Studio VIP 

Essa é a opção mais acessível para os interessados, o curso foi idealizado e desenvolvido pelo produtor musical Danilo Gustavo, disponível em plataforma digital. O home studio vip é um portal que capacita iniciantes no aprendizado de técnicas para a produção musical e o conhecimento de uma estrutura básica para desenvolver o próprio home studio, assunto essencial para esse artigo.

* Curso de Home Studio: Produção Musical 

Esse é um curso presencial, oferecido pela escola de produção musical, operante desde 1994, desenvolvido pelo instrutor Sergio Izecksohn.  A instituição fica localizada no Flamengo, Rio de Janeiro. Uma escola que fornece suporte para conhecer o essencial sobre as ferramentas utilizadas na produção musical. 

E ficamos por aqui, por enquanto pessoal. Esse foi o nosso primeiro artigo de um total de três, onde abordarei temas e orientações essenciais para quem deseja começar seu próprio projeto de Home Studio. Espero que tenham gostado, até a próxima!!!

A Banda PALAVRANTIGA Pode Retornar

// Nenhum comentário:
Marcos Almeida, um dos idealizadores da banda Palavrantiga, um grupo musical mineiro de rock alternativo cristão, deu indícios do retorno da banda no momento em que fazia uma videoconferência, transmitida através de sua rede pessoal, onde respondia a inúmeras perguntas de fãs. Quando o cantor Marcos Almeida foi questionado sobre a possibilidade do retorno da banda, respondeu o seguinte:



“Se for voltar, gente, tem que ser uma volta para o futuro. E eu nem sei se é a mesma configuração, se é um momento para todo mundo estar se reunindo novamente… Mas eu acho que, se for acontecer, vai ser dentro dessas bases da amizade, depois pensar a viabilidade e eu acho que a gente pode estar perto disso”, afirmou o cantor.


Essa é uma daquelas notícias incríveis para se começar uma semana! Gostou? Que tal compartilhar essa novidade com seus amigos? Vamos torcer para que realmente isso ocorra e que possamos ouvir boas canções através dessa banda, com mensagens de impacto e transformação. Forte abraço!!!

Conheça O Baixo Millenium 4 Special Da Tagima

// Nenhum comentário:
Boa Tarde Galera Music! Hoje estou trazendo para vocês informações úteis sobre o baixo Millenium 4 Special da Tagima, um instrumento versátil, com muitas qualidades. Além das informações descritas neste artigo, no final, vocês encontrarão um vídeo com o Review do Millenium 4 Special feito pelo canal do Cifras através do Youtube, vale muito a pena conferir!

O baixo Millenium 4 Special da Tagima é um instrumento ideal para músicos que se apresentam durante um tempo bastante longo. Tanto pessoas iniciantes, como as intermediárias podem fazer uso desse baixo e serão bem atendidas. 


A sonoridade do Millenium 4 Special da Tagima é bem limpa, encorpado e com um brilho original devido a sua captação ativa que visa reforçar as tonalidades do instrumento, um baixo que conta com dois captadores de alnico modelo JJ.

A seguir vocês terão à disposição, as principais especificações do Millenium 4 Special da Tagima, como também as informações de dimensões. Confira!

Especificações
  • Corpo: Mahogany
  • Tampo: Rosewood
  • Braço: Maple
  • Escala: Rosewood
  • 24 trastes com marcações em abalone Nut de 40mm
  • Captadores: 2 Single Coils modelo JJ (com imã de alnico)
  • Ponte: Standard cromada
  • Pré Ativo 9V
  • Controles: 1 controle de volume, 1 de balanço, 1 de agudo, 1 de médio, 1 de grave
  • Tarraxas: Cromadas e blindadas

Dimensões
  • Comprimento total: 1,16 m
  • Comprimento da escala: 87 cm
  • Largura no Capotraste (nut): 4 cm
  • Largura do corpo: 35 cm
  • Profundidade: 4 cm
  • Peso (líquido): 4 kg
CONFIRA: Review Millenium 4 Special Da Tagima

Conheça A Guitarra Vintage V100 AFD Paradise

// Nenhum comentário:
Boa Tarde Galera Music! Quero dedicar o artigo de hoje para falar sobre a guitarra Vitange V100 AFD Paradise, um excelente instrumento a nível intermediário.

Além das informações básicas sobre a guitarra Vitange V100 AFD Paradise, vocês encontrarão um vídeo do canal do Cifra Club, em que o Vinícius Dias aborda com muitos detalhes esse maravilhoso instrumento. Isso ao final desta página!

A guitarra Vitange V100 AFD Paradise possui o corpo em mogno maciço, top maple flamed amber braço em mogno (colado), escala em rosewood, além de 22 trastes, marcação Pearloid Crown, captadores Wilkinson Deluxe WJ44.


A seguir vocês verão as especificações da guitarra Vitange V100 AFD Paradise e poderão ter maior noção sobre sua estrutura, acompanhe! 

Especificações
  • Construção: Set Neck braço colado
  • Escala: 24,75 / 628mm
  • Corpo: Mogno com câmaras (cavidades) em seu interior
  • Escala: Rosewood
  • Nut: 42 mm (Pestana)
  • Número de Trastes: 22
  • Ferragens: Cromadas
  • Tarraxas: Wilkinson Deluxe WJ44
  • Marcação Inlay: Pearloid Crown
  • Ponte: Tune-O-Matic
  • Captadores: 2 Wilkinson® WVHZ Humbuckers
  • Controles: 2 x Volume/ 2 x Tone/ 3-Way Lever
  • Acabamento: Top Flamed Amber/Cherry Red Back

Dimensões
  • Peso líquido: 4,8 kg 
  • Largura: 32,5 cm
  • Altura: 97cm
  • Profundidade 5 cm

Podemos destacar, como um dos grandes diferenciais para os que buscam uma guitarra no estilo Les Paul, a estrutura bem desenvolvida da guitarra Vitange V100 AFD Paradise; as madeiras que são parte de sua composição revelam muita qualidade e isso influencia diretamente na sonoridade da guitarra (vocês poderão ter uma noção da sonoridade ao longo do vídeo que está logo abaixo).

Assista Ao Vídeo Com Detalhes Da Guitarra Vintage V100 AFD Paradise

3 Dicas Essenciais Para Quem Quer Tocar Guitarra

// Nenhum comentário:
Decidir investir tempo, recursos, estudar bastante, desvendar e conhecer técnicas, dentre outras coisas faz parte do cotidiano de um guitarrista, quer seja ele iniciante ou profissional.

É incrível poder acompanhar a performance de um guitarrista talentoso, cada detalhe no solo, as frases inseridas numa determinada canção, tudo acaba contribuindo para boas impressões e percepções sobre um guitarrista.

Ser um guitarrista talentoso é parte do sonho de muitas pessoas, e em diversos casos, esse sonho acaba se concretizando. Devemos sempre lembrar que nenhum guitarrista começou no auge, nem mesmo os autodidatas; ao passo que, ser um guitarrista com muito talento vai requerer muito estudo e foco!


A proposta desse artigo é contextualizar 3 dicas essenciais para quem quer tocar guitarra, e tocar bem. As orientações que serão apresentadas logo a seguir poderão auxilia-los sobre como começar a investir em si visando se tornar um bom músico. ACOMPANHE!

DICA 1: Conheça Seu Instrumento 

Essa é a dica mais importante para quem deseja aprender a tocar guitarra. Muita calma nessa hora! Muitas pessoas acabam perdendo seu foco e possuem uma motivação muito superficial e após a aquisição de uma guitarra, desistem de estuda-la. Pois bem, para que isso não ocorra com você, o melhor a se fazer é pesquisar e conhecer o instrumento. Essa é uma tarefa que cabe para qualquer músico.

DICA 2: Reserve Tempo, Espaço E Estude!

Esse é um passo muito relevante a ser dado por quem deseja realmente desenvolver-se musicalmente. Tocar guitarra não é um “bicho de sete cabeças”, mas é necessário estudar e se dedicar para aprender a tocar. Isso serve de base para qualquer tipo de instrumento. O ideal é reservar um tempo para estudar todos os dias, além de escolher um lugar tranquilo para seu estudo, algo que influencia bastante em nossas condições para o aprendizado. É necessário ser constante e disciplinado na hora de estudar e conciliar o estudo teórico com exercícios práticos seria o ideal.

DICA 3: Busque A Orientação De Um Guitarrista Experiente

Quando se está começando a aprender a tocar guitarra, o essencial é procurar auxilio de pessoas mais experientes, ou até mesmo ajuda profissional. Ter um professor de música acaba sendo a opção mais comum para as pessoas que nada sabe sobre a guitarra.


O bom de ter um guitarrista experiente para sua orientação é que ele poderá ter orientar a evitar certos caminhos e optar por outros. Por mais que se estude, pesquise, e consiga conhecimento sobre o instrumento, a ajuda de quem já viveu o que você está começando a viver pode ser muito valiosa, por isso é recomendável ouvir os conselhos de músicos mais experientes no assunto! 

Banda Resgate Grava Novo Álbum

// Nenhum comentário:
Bom dia galera music! Hoje venho lhes falar de uma excelente novidade, especificamente para quem é “fã de carteirinha” da banda Resgate, que anunciou recentemente e produção de um novo álbum.

Para quem não conhece, trata-se de uma banda brasileira de rock, que prega uma mensagem repleta de valores cristãos por meio da música. O grupo foi formado no ano de 1989, na cidade de São 
Paulo e já soma quase 30 anos de carreira.


A banda paulista está gravando um novo disco de inéditas. Essa informação foi divulgada na página do grupo no Facebook e também nas páginas do baixista Marcelo Amorim e do guitarrista Hamilton Gomes, integrantes da Resgate. Gostou dessa notícia? Que tal compartilhar com seus amigos?



Conheça O Teclado Eletrônico CTK 3200 Da Casio

// Nenhum comentário:
Boa Tarde Galera Music! Hoje venho trazendo informações essenciais sobre o teclado eletrônico CTK 3200 da Casio, e logo no final do artigo também poderão acompanhar um vídeo bastante abrangente, nele vocês terão a possibilidade de perceber o timbre desse maravilhoso instrumento. ACOMPANHE!

O Teclado Eletrônico Casio CTK 3200 é um instrumento bem prático, com tocabilidade garantida.  Possui resposta ao toque, permitindo adicionar nuances às notas do teclado.

Sem deixar de mencionar que o Teclado Eletrônico Casio CTK 3200 foi desenvolvido com 400 timbres, 150 ritmos integrados, 10 efeitos de reverberação digital, lições práticas, oferecendo, ainda, a opção de operar como controlador MIDI.


Logo a seguir vocês encontrarão as algumas especificações importantes do Teclado Eletrônico Casio CTK 3200. Então Confira!!!

Especificações
  • Número de teclas: 61 teclas no estilo piano
  • Resposta ao toque: 2 níveis de sensibilidade, desligado
  • Sistema de som: AHL
  • Polifonia máxima: 48
  • Timbres: 400 timbres integrados
  • Efeitos digitais: Reverb (10 tipos)
  • Ritmos/Padrões: 150 ritmos integrados
  • Acompanhamento automático        Modos: CASIO chord, dedilhado 1, dedilhado 2, dedilhado 3 (no baixo), acorde de extensão completa
  • Controladores: Iniciar/Parar, Introdução, Normal/Preenchimento, Variação/Preenchimento, Sincronismo/Fim
  • Músicas integradas: 110 (Banco de músicas)
  • Função de lições: Lição prática
  • Função das amostras: Capacidade máxima de até 3 tons
  • Tempo máximo de gravação de amostra: até 1 segundo
  • Entrada de som de amostra: Entrada de áudio
  • Outras funções: Toque único predefinido: 150 definições
  • Voice Pads: 5 pads x 4 definições (3 definições de amostras de som, apenas 1 definição de percussão)
  • Transposição de teclas: 25 intervalos (-12 a +12 semitons)
  • Controle de afinação: 4 = 415,5 a 465,9 Hz (Padrão inicial: 440,0 Hz)
  • Pedais: Entrada padrão (sustain, sustenido, suave e ritmo)
  • MIDI: Compatível com GM: Nível1
  • Terminais: USB
  • Alto-falantes: 10 cm x 2
  • Amperagem de saída: 2 W + 2 W
  • Cor/acabamento da estrutura: Preto

Dimensões
  • Peso: 3,5 kg
  • Altura: 9,2 cm
  • Comprimento: 30,7 cm
  • Largura: 94,6 cm

Assista Ao Vídeo Com Detalhes Sobre O CTK 3200 Da Casio

Como Compor A Sua Primeira Canção?

// Nenhum comentário:
Se para alguns, tocar é uma das coisas mais fascinante que a vida pode proporcionar, outros conseguem ter um pensamento mais elevado e desejam não apenas tocar bem, determinado instrumento, mas compor suas próprias músicas.

É pensando nisto que decidi desenvolver um artigo abordando algumas dicas essenciais para aqueles que realmente desejam compor sua primeira canção.


Antes de apresentar as dicas quero fazer algumas observações: a música é uma arte, e isso precisa ficar bem claro para todos aqueles que desejam compor canções. Além disto é necessário entender que a melhor forma de se obter sucesso ao apresentar uma obra de arte, neste caso uma canção, é ser o mais original possível. Partindo dessas orientações sugiro que continue acompanhando o artigo. CONFIRA!!

A Estrutura De Uma Canção

Um dos grandes desafios de quem se propõe a compor uma canção é a letra, pois ela garante a coerência e a comunicação com o público-alvo a ser alcançado. A letra é um dos atributos mais importantes de uma canção.

A letra pode carregar mensagens de amor, uma crítica, manifestos de caráter político, para exemplo temos as canções boicotadas nos tempos da ditadura no país, canções que abordam histórias, dentre inúmeras outras determinações que vão sendo desenvolvidas de acordo com os propósitos do artista, compositor. E isso nos leva diretamente ao ponto seguinte, a inspiração.

Busque A Inspiração

Tem muita gente que acredita que não precisa de uma fonte legítima de inspiração, muitos acabam se enganando por isso. A inspiração é peça fundamental para uma composição original e de qualidade.

A inspiração funciona como combustível mental para que se possa escrever e desenvolver letras e melodias que realmente tocam a alma das pessoas. E tenho certeza que este é o grande termômetro de um artista de sucesso e um artista fracassado.

As técnicas e métodos investidos para compor uma canção são extremamente essenciais, mas de nada adiantaria utilizar desses meios, se quem se propõe a compor não busca uma fonte de inspiração. Por tanto, é essencial que se dê maior relevância a esse fator!

Saiba Gravar A Composição

Para fechar esse artigo irei falar de algo mais técnico, a gravação de sua canção. Esse é um dos momentos finais do processo de composição musical. Quem não gostaria de registrar sua própria canção após bastante tempo desenvolvendo e trabalhando na mesma?

Muitos acabam desanimando, pois acreditam que só conseguem fazer uma boa gravação quem tem uma boa grana para investir em equipamentos de ponta; bom mesmo seria ter uma boa estrutura à disposição, mas hoje em dia isso não é mais um limitante.

Com um computador básico em mãos e um microfone conectado é possível gravar, com qualidade, suas canções. Se você toca violão ou teclado ficará melhor ainda. Através de programas de gravação é possível registrar suas próprias canções sem problemas.

Se há em você um forte desejo por compor suas próprias canções é crucial que você jamais desanime e se levar o que foi abordado ao longo deste artigo, em consideração, poderá obtert bons resultados, boa sorte!!





Regis Danese Fará Lançamento De DVD Pelos 10 Anos De Carreira

// Nenhum comentário:
Bom Dia Galera Music, venho trazer uma novidade. Para quem ainda não sabe, o cantor Regis Danese anunciou que lançará um trabalho ao vivo em comemoração aos seus 10 anos de carreira gospel.

O álbum, intitulado “10 Anos”, proporcionará ao público uma abordagem com os grandes sucessos do cantor no cenário gospel, como a música “Faz um Milagre em Mim”, que foi lançada em seu terceiro disco solo, Compromisso, de 2008.



O cantor Regis Danese optou pela Som Livre, gravadora a qual firmou um novo contrato artístico. E você? O que achou desta notícia? Caso tenha gostado não deixe de compartilhar com seus amigos. Forte Abraço!!!

Confira: 3 Dicas Para Divulgar Suas Músicas

// Nenhum comentário:
Fala Galera Music, como todos estão? Espero que bem! Pode parecer uma besteira, mas saber divulgar suas próprias músicas e composições através dos meios de comunicação é uma das grandes vantagens para as pessoas que já tocam e desejam apresentar seus projetos, torna-los conhecidos. 

Foi pensando nisto que decidi desenvolver esse artigo com 3 dicas essenciais para aqueles que realmente pretendem divulgar suas músicas. Então sugiro que acompanhe até o final!

Dica 1: Entenda Se Você está preparado

Esta é a dica mais importante que irei abordar neste artigo.  Antes de fazer DIVULGAÇÃO de qualquer canção de sua autoria é preciso buscar um a opinião de pessoas com as quais você tem uma maior proximidade. Busque delas a sinceridade e verifique quais opiniões partiram sobre suas canções. Nesses momentos, a orientação de amigos pode ser crucial.


Você precisa estar ciente que a primeira impressão que as pessoas obterão ao ouvir sua música poderá definir a aceitação ou rejeição delas. Se houver a necessidade de fazer a revisar de suas canções, busque a orientação de pessoas mais experientes, e após isso, você poderá apresentar suas canções com maior garantia de sucesso.

Dica 2: Descubra Seu Público-Alvo

Outra dica que precisa ser levada em consideração é conhecer seu público-alvo. Não adianta desenvolver canções dentro de um gênero musical e apresentar para o público-alvo errado. Para exemplo: uma pessoa desenvolver canções de pagode e tentar ganhar pessoas que gostam de ouvir rock.
Se realmente quer garantir seu sucesso ao divulgar suas músicas será necessário fazer um estudo sobre seu público-alvo de acordo com seu gênero musical, e a partir disto, poderá apresentar suas canções.

Dica 3: Utilize As Redes Sociais

O avanço tecnológico possibilitou a abertura de muitas portas. Se um tempo atrás, conquistar um espaço de valor na esfera musical era algo muito laborioso, hoje qualquer pessoa desconhecida pode garantir conhecimento e reconhecimento de seus trabalhos musicais.

A terceira dica que deixo para vocês, amigos leitores é simples: utilize as redes sociais ao seu favor! Aproveite seu acesso a internet e crie um canal no Youtube, onde você poderá colocar suas canções. 

Além do canal no Youtube, criar uma página no Facebook também pode ser uma boa alternativa, através da página será possível desenvolver um vínculo maior com seu público-alvo.

A chave para seu sucesso não surgirá de um conjunto de regras rigidamente seguidas e respeitadas. Será preciso que você investigue qual melhor caminho deverá seguir e quais seriam as melhoras opções para tornar seus projetos conhecidos e valorizados por seu público.


Conheça O Contrabaixo GB1 Da Giannini

// Nenhum comentário:
Boa Tarde Galera Music! Hoje trago informações essenciais parra que vocês possam conhecer um pouco sobre o contrabaixo GB1 da Giannini. Um instrumento ideal para os baixistas que estão iniciando, assim como aqueles que já estão num nível intermediário. 

Além das especificações do contrabaixo GB1 da Giannini, você encontrarão as dimensões desse instrumento e um vídeo com a apresentação detalhada do mesmo, nele vocês poderão ter uma noção da sonoridade.

Baixo com uma estrutura jumbo, possui um acabamento rico em detalhes, trabalhado com verniz brilhante em seu corpo, com tarraxas Open Gear cromadas, estáveis e que garantem conforto e segurança para a afinação do instrumento.

Especificações
  • Corpo: Basswood
  • Braço: Maple com tensor
  • Escala: Rosewood
  • Trastes: 21 em Alpaca
  • Marcação: Bolinhas Brancas
  • Ponte: Standard cromadas de 4 cordas
  • Tarraxas: Open Gear cromadas 4 em linha
  • Captador(es): 2 JB (Jazz Bass)
  • Controles: 2 volumes e 1 tonalidade
  • Acabamento: Verniz brilhante no corpo e verniz fosco no braço    

O grande destaque desse instrumento é o seu timbre (vocês poderão confirmar isso ao assistirem o vídeo). O contrabaixo GB1 da Giannini possui dois captadores JB Sonic-X que produzem graves bem encorpados e além de agudos bem definidos. 

Dimensões
  • Peso Líquido: 4,02Kg
  • Largura: 41,00 cm
  • Altura: 9,00 cm
  • Profundidade: 117,00 cm

Enfim, estamos chegando ao final do artigo, e como anteriormente mencionai, logo a seguir vocês poderão acompanhar um vídeo contendo inúmeros detalhes sobre o contrabaixo GB1 da Giannini. Uma excelente opção para baixistas iniciantes, CONFIRA. 
Espero que tenham gostado do artigo. Um forte abraço!!!

Assista Ao Vídeo Com Detalhes Do Contrabaixo GB-1 Da Giannini

,

Cristina Mel Se Prepara Para Lançar Disco Inédito

// Nenhum comentário:
Bom Dia Galera Music! Venho trazendo novidades para todos. A cantora Cristina Mel está se preparando para fazer o lançamento de um disco inédito.


A informação foi confirmada pela assessoria da cantora através da gravadora Sony Music Brasil. Esse novo trabalho rompe com o intervalo que vem durando um bom tempo.

Foi em 2013 que a cantora desenvolveu seu último projeto, lançou o álbum Eu Respiro Adoração pela gravadora MK Music, voltado para o público adulto. A cantora Cristina Mel é bem conhecida pelos seus projetos voltados para o público infantil.

Gostou dessa notícia? Compartilhe com seus amigos!!!

Qual A Diferença Entre Os Microfones Dinâmico E Condensador?

// Nenhum comentário:
Qual microfone devo comprar, o dinâmico ou o condensador? Pode parecer bobeira, mas a resposta para essa questão é determinante em muitos aspectos na hora de fazer uma boa apresentação ao cantar. Além de outro fator importantíssimo, o seu objetivo.

É pensando nisto que trouxe uma proposta diferente, abordar um assunto fora do habitual, mas que poderá ajudar assim como os outros, do qual sempre abordei nesse espaço. Aqui você poderá compreender um pouco sobre as principais diferenças e especificações desses dois tipos de microfones.

Hoje vocês encontrarão algumas dicas para saber escolher qual o microfone ideal. Logo a seguir você conhecerá um pouco sobre o microfone dinâmico e o microfone condensador. ACOMPANHE!!!

Microfones Dinâmicos

O microfone dinâmico é o modelo mais versátil e utilizado. Geralmente são bem resistentes projetados para captar pouca sonoridade externa, um microfone desenvolvido para minimizar as microfonias.

É justamente por isso que a qualidade de captação de microfones dinâmicos acaba sendo inferior aos microfones condensadores. 

Um ponto favorável desse tipo de microfone é que ele pode ser utilizado em inúmeros tipos de ambientes, e também não necessitam de fontes ou captações externas e o nível de saída é excelente para conexões diretas. 

Microfones Condensadores

O microfone condensador, são utilizados em estúdios de gravação. Possuem uma membrana de diafragma muito fina o que proporciona uma resposta mais eficiente frente a altas frequências, como também as baixas.


São microfones que necessitam de uma fonte de alimentação contínua. A grande vantagem de um microfone condensador é o resultado do som, limpo e rico em detalhes.

Um ponto a ser observado é que, devido a captação de alta sensibilidade, não são recomendados para utilização em qualquer tipo de ambiente, o efeito pode ser bem devastador. Porém, ainda assim, podem ser usados em apresentação de voz e violão ou shows acústicos.

E aí?! Deu para compreender um pouco das principias diferenças entre esses dois tipos de microfones? Se a resposta for sim, com certeza vocês saberão identificar qual seria a escolha mais apropriada. Espero que tenham gostado do artigo. Forte Abraço!!! 
Artigos Recentes